Regras de participação

O que você precisa saber

A Fundação ProFuturo em colaboração com a Universidade Pontifícia de Salamanca organiza o primeiro Hakathon virtual dedicado à Educação Digital no marco do acordo de colaboração assinado entre ambas entidades para a criação da Cátedra “Análise de Dados de Projetos Educacionais em ambientes vulneráveis” na Pontifícia Universidade de Salamanca.
A convocação será regida pelas seguintes regras e pelo Código de Ética do evento, que deve ser obedecido:

Base 1. Objetivo
O objetivo desta convocação é a abordagem e resolução dos desafios tecnológicos relacionados aos desafios colocados pela educação digital.
Os projetos sujeitos a esta convocação devem buscar resultados com potencial comercial que possam transformar o conhecimento gerado em produtos e serviços com valor de mercado e que respondam às necessidades expressas nos desafios publicados na página WEB.
Os desafios terão que ser orientados para resolver os problemas para alcançar uma educação digital com a melhor qualidade possível e serão públicos e acessíveis a todos os participantes no site hack4edu.org.

Base 2. Participantes
Esta convocação é dirigida a qualquer estudante ou especialista em tecnologias para a educação digital. A apresentação das candidaturas será individual, sendo necessária a participação de um grupo que deverá designar uma pessoa responsável pela coordenação. Os participantes só podem apresentar uma única solicitação.

Base 3. Formalização e apresentação de candidaturas à participação
Toda a documentação desta convocação pode ser consultada e baixada no seguinte link: https://drive.google.com/drive/folders/1xaEgRVhNTbMas136rPgw-
PG5_TvgHeEA

Participantes individuais:
Cada participante deve se registrar individualmente no site Hack4edu hack4edu.org.
O prazo para as inscrições permanecerá aberto até 22 de outubro às 23h59 (horário local). O período de execução começará em 17 de novembro às 9h00 (hora local) e terminará em 19 de novembro às 23h59 (hora local).
Uma vez terminado o período de inscrição, os participantes que vão abordar um projeto com um colega, indicarão um representante que enviará um vídeo de 1 minuto através de um link na página WEB com os objetivos do desafio a ser enfrentado e os perfis necessários para completar o grupo. Estas informações serão publicadas no site em 1º de novembro.
Da mesma forma, os participantes que quiserem desenvolver um projeto e que não tiverem uma equipe enviarão um vídeo de um minuto através de um link no site com os objetivos do desafio e os perfis necessários para desenvolvê-lo.
Os participantes que não se juntaram a nenhum desafio podem selecionar um dos projetos propostos por outras equipes na página WEB e participar da sessão de networking virtual organizada pela filial local correspondente. Qualquer participante pode participar de um projeto proposto, formando equipes internacionais. Todas as sessões de networking virtual organizadas pelas filiais locais serão acessíveis a qualquer participante a partir do site e você poderá entrar em mais de um para decidir com qual projeto você vai colaborar.
Grupos participantes
Uma vez terminada a sessão de networking, as equipes registrarão o grupo com o problema no qual vão trabalhar, designando um coordenador, no site hack4edu.org. Ao final do tempo de desenvolvimento do protótipo, a equipe carregará uma apresentação de 5 minutos, um vídeo de 3 minutos e o link para o código do programa no github.
O período de inscrição estará aberto de 25 de junho às 00:00 (hora local) até 22 de outubro às 23:59 (hora local). O prazo para a execução terminará em 19 de novembro às 23h59 (hora local).

Universidades e instituições:
As universidades participantes devem assinar um compromisso de participação através do download do kit que aparece no link a seguir:

Kit de participação universitária

O compromisso de participação deve ser assinado digitalmente pelo representante legal da entidade e deve ser enviado antes de 1º de outubro.

Base 4. Compromissos das Universidades e Instituições participantes
As universidades participantes do hack4edu incentivarão a participação de equipes multidisciplinares de estudantes utilizando o material gráfico fornecido pela organização no Kit de Download. Da mesma forma, eles concordam em aceitar as regras ditadas pelos organizadores para incluir o nome e o logotipo da universidade em tal material gráfico.
As universidades participantes terão um espaço no site hack4edu.org onde poderão publicar informações específicas para seus participantes.
Cada filial local organizará uma sessão virtual em rede para facilitar a criação de equipes de trabalho, de preferência internacionais. Para acelerar este processo, uma lista de desafios a serem abordados e perfis que não tenham um grupo de trabalho será publicada no site com duas semanas de antecedência. A sessão de networking pode ser híbrida, permitindo que participantes do mesmo local se reúnam em uma sala física, se o local o considerar apropriado. A sala de aula física será equipada com sistemas de informática que permitirão aos participantes de outros países participar de uma sessão virtual, podendo montar equipes internacionais.
A sede local coordenará com a organização a infra-estrutura de salas virtuais de trabalho colaborativo para o desenvolvimento dos projetos.
Os locais cuja situação de saúde o permita, podem disponibilizar às equipes uma sala de aula física respeitando as medidas de segurança adequadas da COVID-19. Esta sala estará disponível por 2 horas para a inauguração e sessão de networking no dia 17 de novembro. Nos dias 18 e 19 de novembro, uma hora da manhã e uma hora da tarde estarão disponíveis para que as equipes discutam os problemas que surgiram no desenvolvimento do projeto.
Quando o número de equipes candidatas a um site local for superior a 2, os dois melhores projetos serão selecionados para concorrer aos prêmios Hack4edu em nível internacional. Para este fim, a sede local nomeará um júri de 3 especialistas que avaliarão as propostas de acordo com os critérios indicados nestas regras. A sede local preencherá um relatório com a avaliação dos projetos e o enviará para a organização central até 20 de novembro.
A organização se compromete a incluir o logotipo e o nome das Universidades participantes em uma seção do site hack4edu.org. Ele também fornecerá um link para o website ou formulários de inscrição das universidades locais participantes.

Base 5. Desenvolvimento da Hackathon
A Hackathon terá uma única fase internacional na qual um máximo de 2 equipes de cada site local participarão. Os locais serão encarregados de fazer uma pré-seleção se o número de equipes for maior.
Os idiomas oficiais que podem ser usados no evento são o português e o espanhol.
A pré-seleção no local será realizada da seguinte forma:
As equipes trabalharão no projeto de um protótipo que solucione o problema abordado durante os dias 17, 18 e 19 de novembro, de acordo com o programa disponível no site.
Ao final do tempo para desenvolver o protótipo, cada grupo irá carregar em um formulário fornecido no site uma apresentação de 5 minutos, um link para um vídeo de 3 minutos e para o github com o código do programa feito.
A filial local selecionará os 2 melhores projetos através de uma avaliação por um júri de 3 membros especializados em educação digital. Estes projetos competirão pelos prêmios da Hackathon internacional.

A Fase Internacional será realizada da seguinte forma:
As equipes selecionadas por cada local do evento competirão no hack4edu internacional pelos prêmios concedidos dentro da modalidade escolhida.
As equipes premiadas se comprometem a apresentar os protótipos desenvolvidos na sessão virtual de encerramento em um tempo máximo de 10 minutos.
O júri avaliará os projetos e emitirá sua decisão antes de 20 de novembro.

Base 5. Avaliação e seleção dos vencedores
A avaliação dos projetos apresentados nas instalações locais será realizada por um Júri formado por 3 especialistas em tecnologia ou educação, de reconhecido prestígio e experiência, nomeados pela Universidade ou Instituição participante.
A avaliação dos projetos apresentados na Hackathon Internacional será realizada por um Júri formado por 5 especialistas em tecnologia ou educação, de reconhecido prestígio e experiência, nomeados pela Fundação ProFuturo e pela Universidade Pontifícia de Salamanca.
Os projetos serão avaliados diferentemente dependendo da modalidade em que os participantes participarem.
a) A modalidade orientada a ideias inovadoras que foram desenvolvidas exclusivamente durante os dias 17-19 de novembro será avaliada de acordo com os seguintes critérios:
1. Criatividade e inovação da solução proposta (40%)
2. Grau de acabamento e qualidade final do projeto (20%)
3. Possibilidade de transferir o protótipo para o mercado (20%)
4. Orientação do projeto para resolver problemas de educação digital em países desfavorecidos (20%).
Nesta modalidade, os participantes terão que justificar que o projeto foi desenvolvido durante os dias 17-19 de novembro, nos quais se realiza a hackathon. O júri pode impor uma penalidade de 20% da marca para as equipes que não apresentarem provas suficientes de terem desenvolvido os desafios exclusivamente durante a celebração da Hackathon.

  1. b) Modalidade orientada a projetos acabados e transferíveis: Esta modalidade está aberta a equipes cujo desenvolvimento se baseia em trabalhos anteriores. A equipe deve especificar claramente as partes do projeto que foram realizadas durante a Hackathon e detalhar a origem dessas partes previamente desenvolvidas. Os critérios de avaliação serão os seguintes:
    Criatividade e inovação da solução proposta (20%)
    2. Grau de acabamento e qualidade final do projeto (30%)
    3. Possibilidade de transferir o protótipo para o mercado (30%)
    4. Orientação do projeto para resolver problemas de educação digital em países desfavorecidos (20%).
    Os júris podem designar os prêmios nulos, se o considerarem apropriado, se os trabalhos apresentados não apresentarem, em sua opinião, mérito suficiente.
    A decisão do júri será tornada pública em 19 de novembro e será final. A comunicação será feita por e-mail para os vencedores e no site hack4edu.org
    Base 6. Prêmios
  2. a) Prêmios da modalidade inovadora
    A Cátedra da Telefónica (UPSA) concederá 3 prêmios de 1.000, 700 e 500 euros aos 3 melhores projetos de todos os participantes nesta modalidade.
    b) Prêmios da modalidade sênior
    A Cátedra Telefónica (UPSA) concederá 2 prêmios de 1.000 euros aos 2 melhores projetos de todos os participantes nesta modalidade.
    PRÊMIO PROFUTURO
    Um prêmio específico de 1.000 euros será concedido ao projeto que melhor responda ao desafio colocado pelo ProFuturo
    PRÊMIO ESCOLAR DE ESTUDO

A Universidade Pontifícia de Salamanca concederá o prêmio de 2 inscrições gratuitas para especialista em Big Data da UPSA, uma na modalidade inovadora e outra na modalidade sênior.
Não podem ser concedidos dois prêmios ao mesmo projeto e não podem ser concedidos dois prêmios ao mesmo participante ou grupo de participantes.
Em caso de renúncia ou caso o prêmio não seja aceito, o Júri poderá selecionar outro participante ou grupo ao qual o prêmio será concedido.
Base 7. Obrigações dos vencedores
No caso de um participante ou equipe receber um prêmio, os membros devem fornecer à organização via e-mail: hack4edu@upsa.es um IBAN dentro de 10 dias corridos para fazer a transferência do prêmio correspondente. O prêmio será dividido igualmente entre todos os participantes inscritos no grupo. Os participantes que não fornecerem um IBAN dentro do tempo exigido serão considerados como tendo perdido o prêmio concedido.
Os vencedores devem atribuir à Fundação ProFuturo e à Universidade Pontifícia de Salamanca os direitos de propriedade intelectual e industrial que possam derivar do projeto, mantendo o direito moral de autoria, nos termos contemplados na seguinte Base, comprometendo-se a assinar todos os documentos necessários e a realizar as diligências necessárias nos registros correspondentes para permitir o registro dos resultados em que aparecerão como autores, juntamente com os demais membros do projeto.
Base 8. Propriedade intelectual e industrial
Os participantes responderão à Fundação ProFuturo e à Universidade Pontifícia de Salamanca pela autoria e originalidade do produto apresentado e pela titularidade de seus direitos, respondendo a qualquer dano que possa surgir para o mesmo em todos os aspectos.
O participante consente expressamente, e pelo simples fato de apresentar seu projeto e participar do evento Hack4Edu, que ProFuturo e UPSA possam usar seu nome e imagem, por qualquer meio, com a finalidade de divulgar o projeto vencedor aos demais participantes e ao público em geral, e exclusivamente para fins corporativos, publicitários e promocionais, sem qualquer limitação territorial ou temporal e sem gerar qualquer remuneração em seu favor.
Ao apresentar projetos, os participantes garantem isto:
• Os projetos são originais de seus autores e/ou eles têm plenos direitos e disposição dos mesmos.
• Caso os projetos sejam um resultado unitário da colaboração de vários participantes, o projeto será tratado como um trabalho colaborativo de acordo com o artigo 7 da Lei de Propriedade Intelectual, com os direitos resultantes pertencentes a todos eles como co-autores.
• O participante autoriza a ProFuturo e a UPSA a publicar em seus respectivos websites oficiais o resumo dos projetos e aceita que os visitantes dos websites tenham acesso a tais informações de acordo com os termos de uso de tal website.
• O participante autoriza o uso pela ProFuturo e pela UPSA do nome e título de seu projeto, sem limite de tempo, para ser mencionado no site ou para quaisquer ações ou eventos relacionados de qualquer forma com “Desafios tecnológicos e educacionais em ambientes vulneráveis ProFuturo” ou a UPSA, bem como para sua reflexão nos arquivos históricos e suportes de vários tipos de ProFuturo e do programa “Desafios tecnológicos e educacionais em ambientes vulneráveis ProFuturo”.
• A ProFuturo e a UPSA reservam-se o direito de utilizar, publicar ou divulgar os projetos que participam do concurso, sejam ou não vencedores dos prêmios previstos, com o objetivo de promover o concurso, para fins promocionais ou informativos de suas atividades e para promover as causas que promovem a realização do concurso, bem como para fornecer informações sobre o desenvolvimento do concurso.
•  O participante aceita que nada nestas regras o autoriza ou dá direito a utilizar os direitos de propriedade intelectual industrial da ProFuturo ou da UPSA, tais como, em particular, marcas ou logotipos, ou quaisquer outros direitos de propriedade de ambas as instituições.
• Todos aqueles materiais, produtos, obras que pertenciam ao participante antes da aceitação destas regras serão de sua propriedade exclusiva, e devem provar que o conteúdo de propriedade intelectual fornecido não viola ou constitui uma ação infratora de patente, sinal distintivo, direitos autorais ou quaisquer outros direitos de propriedade industrial ou intelectual de terceiros.
Os participantes declaram e aceitam que os direitos de propriedade intelectual sobre os projetos que forem concedidos com alguns dos prêmios que, de acordo com as regras do concurso, forem concedidos aos participantes, serão atribuídos exclusivamente à ProFuturo e à UPSA, com a capacidade de cessão a terceiros, de acordo com as seguintes especificações, de acordo com as normas de propriedade intelectual em vigor:
o Se o participante for uma empresa privada ou pessoa física, o projeto premiado não poderá ser explorado posteriormente por nenhuma das partes sem o consentimento da outra, exceto se for utilizado pela ProFuturo ou pela UPSA no âmbito de sua atividade sem fins lucrativos.
o Se o participante for uma ONG, as Partes se comprometem a não utilizar os direitos de propriedade intelectual e industrial do Projeto para fins comerciais, utilizando-os apenas para o trabalho que realizam no âmbito de sua atividade sem fins lucrativos.
Caso, como parte da execução da competição, o participante tenha que acessar a base documental e de conhecimentos (contratos padrão, dados, etc.) da ProFuturo, tal acesso estará condicionado à aceitação do acordo de confidencialidade correspondente estabelecido pela ProFuturo
Base 9. Dados pessoais
Todos os dados pessoais serão tratados pelos organizadores de acordo com a legislação em vigor sobre o assunto e, em particular, de acordo com as disposições do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de abril de 2016, sobre a proteção de pessoas físicas com relação ao processamento de dados pessoais e sobre a livre circulação desses dados (GDPR), bem como na Lei Orgânica 3/2018, de 5 de dezembro, sobre a Proteção de Dados Pessoais e Garantia de Direitos Digitais, sendo os controladores de dados as entidades listadas nas informações de proteção de dados abaixo.

Política de privacidade da  Universidade Pontifícia de Salamanca em conformidade com o Regulamento 2016/679 da UE sobre Proteção de Dados:
Responsável pelo tratamento: Universidade Pontifícia de Salamanca. C/ Compañía nº 5. 37002- Salamanca.
Objetivos: Gestão da participação no evento (Art. 6.1 b) RGPD)

Legitimação e conservação: Execução do contrato ou relação jurídica e consentimento da pessoa em questão. Os dados fornecidos serão mantidos durante os anos necessários para o cumprimento das obrigações legais ou até que a pessoa em questão solicite sua eliminação.
Destinatários dos dados: Os dados serão transferidos para a Fundacão Profuturo para a gestão do evento e pagamento dos prêmios, bem como para os bancos colaboradores. Fotos/vídeos promocionais do evento podem ser publicados em livros, revistas, website, boletins informativos, Instagram e outras redes sociais, etc.
Direitos das partes interessadas: Carregar, retificar e apagar os dados, revogar o consentimento dado, bem como outros direitos relacionados nas informações adicionais.
Informação adicional: Você pode consultar informações adicionais e detalhadas sobre Proteção de Dados e nossa Política de Privacidade em nosso site: https://www.upsa.es/la-upsa/politica-de-privacidad/index.php.
Oficial de Proteção de Dados (DPO): Você pode entrar em contato com o DPO da Universidade Pontifícia de Salamanca no seguinte endereço: dpo@upsa.es.
Política de privacidade da Fundação ProFuturo em conformidade com a Regulamentação de Proteção de Dados da UE 2016/679:
Responsável pelo tratamento: Fundación ProFuturo, calle Gran Vía 28, Madrid 28013.
Objetivos: Gestão da participação no evento (Art. 6.1 b) RGPD) Legitimação e conservação: Execução do contrato ou relação jurídica e consentimento da pessoa em questão. Os dados fornecidos serão mantidos durante os anos necessários para o cumprimento das obrigações legais ou até que a pessoa em questão solicite sua eliminação.
Destinatários dos dados: Os dados serão transferidos para a Universidade Pontifícia de Salamanca para atividades de gestão de eventos. Fotos/vídeos promocionais do evento podem ser publicados em livros, revistas, website, Instagram e outras redes sociais, etc.
Direitos das partes interessadas: Carregar, retificar e apagar os dados, revogar o consentimento dado, bem como outros direitos relacionados com as informações adicionais.

Informação adicional: Você pode consultar informações adicionais e detalhadas sobre Proteção de Dados e nossa Política de Privacidade em nosso website: https://profuturo.education/politica-de-privacidad/ Data Protection Officer: Você pode entrar em contato com a equipe de privacidade da ProFuturo no seguinte endereço: protecciondedatos@fundacionprofuturo.org.
Os participantes podem retirar, a qualquer momento, o consentimento dado para processar seus dados, sem afetar a legalidade do tratamento com base no consentimento antes da sua retirada. Finalmente, por imperativo legal, eles têm o direito de apresentar uma reclamação junto à Agência Espanhola de Proteção de Dados, se considerarem que o processamento de dados não está de acordo com a regulamentação europeia.
As Universidades e Instituições participantes transferirão à Fundação ProFuturo e à Universidade Pontifícia de Salamanca os dados de todos os participantes nas fases locais, assumindo o compromisso de cumprir com as disposições do Regulamento (UE) 2016/679 do Parlamento Europeu e do Conselho de 27 de abril de 2016, sobre a proteção das pessoas com relação ao processamento de dados pessoais e sobre a livre circulação de tais dados (RGPD) e para obter os consentimentos necessários dos participantes registrados para realizar tal transferência de dados, tendo que manter absolutamente indenizada a Fundação ProFuturo e a Universidade Pontifícia de Salamanca contra qualquer responsabilidade que possa ser requerida como resultado disso, seja das autoridades supervisoras ou das partes interessadas.
Base 10. Aceitação
A Fundação ProFuturo e a Universidade Pontifícia de Salamanca reservam-se o direito de modificar ou complementar as condições da convocação a qualquer momento, e até mesmo de anulá-la ou cancelá-la. Em qualquer caso, ela se compromete a comunicar as regras modificadas através da página hack4edu.org para que todos os participantes tenham acesso a estas informações.
Este concurso será realizado em conformidade com quaisquer outros requisitos exigidos pela legislação vigente e estará sujeito aos regulamentos gerais da Fundação ProFuturo e da Universidade Pontifícia de Salamanca.
A participação na competição implica na aceitação plena e total destas regras e do código de ética, assim como dos júris e de suas decisões.

CÓDIGO ÉTICO DE CONDUTA

Hack4edu é um evento que não permitirá qualquer tipo de abuso ou discriminação com base em gênero, origem, raça, religião, deficiência, aparência física, orientação sexual e identidade. Os participantes que violarem estas regras poderão ser penalizados ou expulsos do evento, a seu critério.
A Hack4edu não permitirá que as equipes participantes trabalhem em desafios que não estejam diretamente relacionados com a melhoria da educação digital. A Hack4edu promove uma educação em valores que promove igualdade de oportunidades, dignidade humana, espírito crítico e tolerância em uma sociedade global e diversificada.
A Hack4edu tenta encorajar a comunicação e discussões construtivas em um ambiente seguro, solidário, respeitável e diversificado.
Serão consideradas condutas abusivas as seguintes:
• Comentários ofensivos relacionados a gênero, identidade ou orientação sexual, deficiência, aparência física, idade, raça, religião, antecedentes ou crenças religiosas.
• Comentários relacionados ao estilo de vida de qualquer participante do evento, como aqueles relacionados a hábitos alimentares, saúde, família, trabalho, etc. – A reprodução de imagens sexuais em espaços virtuais públicos, bem como comportamentos intimidatórios ou mensagens inapropriadas.
• Gravação ou fotografia inapropriada de qualquer um dos participantes.
• A intimidação, perseguição, filmagem, fotografia ou interrupção sistemática das apresentações também serão consideradas abusos.
• Brincadeiras que possam ofender, piadas, conteúdo sexista, xenófobo, LGBTófobo ou qualquer tipo de manifestação que possa ser uma questão de zombaria ou ódio para qualquer participante do evento não serão toleradas.
Os organizadores pedem a cooperação de todos os participantes, portanto, se você sofrer qualquer tipo de comportamento abusivo ou observar que alguém possa ser vítima dele, pedimos que nos informe para que possamos tomar as medidas apropriadas. Em qualquer caso, as medidas disciplinares dependerão sempre da decisão dos organizadores.
Obrigado por fazer deste evento um evento aberto e amigável para a comunidade.